logo_Video

    

Ações Recentes

Projetos realizados pelo financiamento colaborativo Mapa Xilográfico 10 anos em deriva.



À deriva Metrópole SP

Em 2011 com o projeto (À) Deriva Metrópole São Paulo, o coletivo experimentou uma relação de nomadismo com a cidade. O coletivo percorre em um ano as cinco regiões.

    Saiba Mais

    Vila Itororó

    Para a rua, um pequeno portão aberto a qualquer transeunte, alguns passos e uma grande escada de concreto. Ao descer, um amplo pátio e, em torno dele, algumas casas.

      Saiba Mais

      O Barco

      O Barco é uma intervenção artística que foi criada pelo Coletivo em 2011, ao lado de comunidade da região do Jardim Pantanal, próxima ao Rio Tietê, na zona leste.

        Saiba Mais

        Gatunos S/A

        A Gatunos S.A. “Expulsando o passado e concretando o futuro” é a mais nova construtora incorporado de sucesso atrelada ao Coletivo Mapa Xilográfico; é uma empresa promissora...

          Saiba Mais

          Outras Ações



          Sobre o Mapa Xilo


          logo_sobre

          O Coletivo Mapa Xilográfico tem como integrantes os artistas e educadores Diga Rios, Milene Valentir e Tábata Costa. O grupo foi formado em 2006 no intuito de atuar na cidade de São Paulo e outras localidades através da intervenção urbana, buscando problematizar as questões relativas à urbanização ao lado dos habitantes de cada contexto, para um processo de troca e coprodução em torno das problemáticas locais.

          Diante de uma crítica aos conceitos hegemônicos de urbanização, que privilegiam uma minoria, ao elitizar, agenciar e privatizar o espaço público, minimizando a esfera de participação e autonomia dos seus habitantes, o Coletivo propõe uma série de ações que buscam evidenciar tais processos de transformação do espaço e, ao mesmo tempo, propor agrupamentos que atuem na afirmação de um corpo liberto, na criação de espaços de encontro e produções artísticas.

          Clipping Publicações

          Vídeos


          No ano de 2011, com o projeto (À) Deriva Metrópole São Paulo, o coletivo experimentou uma relação de nomadismo com a cidade. A proposta foi percorrer em um ano as cinco regiões, concentrando-se nos bairros situados nos extremos, que são zonas de fronteira. Nesta situação, criamos uma abordagem diferente com os praticantes de cada bairro; não havia uma proposta de algum centro agregador – como uma escola, uma associação de bairro –, mas as abordagens eram feitas em fluxo, com permanências menores, porém com uma imersão mais intensa no seu cotidiano.
          Mais Informações sobre o projeto


          O Barco é uma intervenção artística que foi criada pelo Coletivo em 2011, ao lado de comunidade da região do Jardim Pantanal, próxima ao Rio Tietê, na zona leste.
          Mais Informações sobre o projeto

          A Gatunos S.A. “Expulsando o passado e concretando o futuro” é a mais nova construtora incorporado de sucesso atrelada ao Coletivo Mapa Xilográfico; é uma empresa promissora...
          Mais Informações sobre o projeto

          Contato